fotografiche.eu - Fotolia

Você pode criar um plano de BC sem uma avaliação de risco?

Se as restrições de tempo e outros fatores o forçarem a remover a avaliação de risco de seu plano de continuidade de negócios, descubra como concentrar seus esforços de desenvolvimento com mais precisão.

Cada artigo, consultor e padrão escrito para continuidade de negócios defende a conclusão de uma análise de impacto de negócios e avaliação de risco antes que um plano de continuidade de negócios seja desenvolvido. Essas etapas fornecem dados valiosos sobre sua organização e os riscos que ela enfrenta - informações críticas necessárias para desenvolver um plano de continuidade de negócios (BCP) ou plano de recuperação de desastres (DRP).

Na realidade, nem sempre é possível realizar uma análise de impacto nos negócios (BIA) ou uma avaliação de risco (RA) devido às limitações de tempo. Essas atividades também podem consumir uma parte do orçamento de continuidade de negócios (BC), se houver, e muitas horas de trabalho do funcionário durante as atividades de descoberta. Às vezes, por qualquer motivo, a alta administração quer apenas um plano de BC e nada mais. Por qualquer um desses motivos, uma organização pode pular um BIA ou RA e pular direto para o desenvolvimento de seu plano de continuidade de negócios.

Muitos dos meus projetos de consultoria são apenas para um plano de BC. Com o tempo, o cliente pode decidir buscar outras atividades complementares (avaliações de risco, análise de impacto nos negócios e programas de treinamento), portanto, é sempre uma boa ideia fornecer um roteiro de atividades subsequentes de BC/relacionadas.

Embora não seja uma boa prática, você pode preparar um plano de BC sem qualquer descoberta e análise preliminar da organização, perguntando às pessoas em funções-chave as seguintes perguntas:

  • Quais são as atividades empresariais mais importantes desenvolvidas pela empresa?
  • E se essas atividades não pudessem ser realizadas?
  • Quais tecnologias e outros recursos são necessários para apoiar essas atividades?
  • Que pessoal é necessário para realizar as atividades?
  • Quais componentes físicos, como espaço de escritório, serão necessários?
  • Existem dependências internas ou externas que podem afetar a capacidade de recuperação da empresa?
  • Que eventos interromperam as operações nos últimos anos?

As perguntas acima podem atuar como BIAs e RAs "compactados" e as respostas podem ajudá-lo a concentrar seus esforços de desenvolvimento com mais precisão.

A próxima etapa seria selecionar um processo de desenvolvimento de plano que seja rápido, abrangente e acessível. Existem vários modelos gratuitos disponíveis em SearchDisasterRecovery. A Rothstein Associates também oferece uma boa seleção de material de leitura para ajudar as organizações em seu planejamento.

Saiba mais sobre DR e BC

ComputerWeekly.com.br
ComputerWeekly.es
Close