Definition

O que é um plano de recuperação de desastres (DRP)?

Um plano de recuperação de desastres (DRP, da sigla em inglês), às vezes conhecido como plano de continuidade de negócios (BCP) ou plano de contingência de processos de negócios (BPCP), descreve como uma organização lida com possíveis desastres. Assim como um desastre é um evento que impossibilita a continuidade das funções normais, um plano de recuperação de desastres consiste nas precauções tomadas para que os efeitos de um desastre sejam minimizados e a organização seja capaz de manter ou retomar rapidamente suas funções. Normalmente, o planejamento de recuperação de desastres envolve uma análise dos processos de negócios e das necessidades de continuidade e pode incluir um foco significativo na prevenção. 

A recuperação de desastres está se tornando cada vez mais importante na informática corporativa. À medida que dispositivos, sistemas e redes se tornam cada vez mais complexos, mais coisas podem dar errado. Como consequência disso, os planos de recuperação ficaram mais complexos. De acordo com Jon William Toigo (autor do Planejamento de Recuperação de Desastres), há 15 ou 20 anos, se houvesse uma ameaça de incêndio nos sistemas, o plano de recuperação consistia em desligar o computador central e outros equipamentos antes que o sistema de sprinklers fosse ligado, desmontar componentes e, posteriormente, secar as placas de circuito no estacionamento, com secador de cabelo. Os atuais sistemas de negócios tendem a ser muito grandes e complicados para esses métodos simples e práticos, e a interrupção do serviço ou perda de dados pode ter consequências financeiras graves, seja diretamente ou pela perda de confiança do cliente.  

Os planos apropriados variam de empresa para empresa, dependendo de características ​​como o tipo de negócio, os processos envolvidos e o nível de segurança necessário. O planejamento de recuperação de desastres pode ser desenvolvido dentro de uma organização ou pode ser adquirida uma aplicação de software ou serviço. Não é incomum uma empresa investir 25% de seu orçamento em tecnologia da informação para recuperação de desastres.  

No entanto, o consenso da indústria de DR é que a maioria das empresas ainda está mal preparada para esses eventos. De acordo com o site Recuperação de Desastres, "apesar do número de desastres conhecidos desde o 11 de setembro, apenas 50% das empresas informam ter um plano de recuperação de desastres. Dessas, quase a metade nunca testou ou colocou seus planos em prática, o que equivale a não ter nenhum”. 

Este conteúdo foi atualizado pela última vez em Julho 2021

Saiba mais sobre DR e BC

ComputerWeekly.com.br
ComputerWeekly.es
Close